transferências internacionais transferências internacionais

Tire agora suas dúvidas sobre transferências internacionais!

4 minutos para ler

Seja para pagar um curso no exterior, adiantar a reserva de um hotel ou contratar um serviço de outro país, as transferências internacionais são cada vez mais comuns. Caracterizam-se pelo envio de quantias de uma conta brasileira para uma conta no exterior e podem ser feitas por bancos e por casas de câmbio. Neste post, abordamos o tema para que você conheça esse tipo de transação e escolha a melhor opção para seu bolso.

Elaboramos uma espécie de FAQ (Perguntas Frequentes) para você consultar sempre que precisar planejar suas viagens. Confira abaixo as principais dúvidas sobre esse tipo de operação financeira.

Quais os custos envolvidos em transferências internacionais?

Depende da instituição que você escolher para fazer a transferência. Na maioria dos casos, há um custo de envio (taxa administrativa que pode ser fixa ou calculada sobre o valor transferido), além da taxa de câmbio e possíveis despesas extras. Hoje, muitas empresas especializadas em câmbio, como a Yes Câmbio, não cobram margem de lucro sobre a cotação das moedas. Por isso, podem ser alternativas interessantes e mais econômicas.

Em resumo, os principais custos são os seguintes (lembrando que variam entre as instituições):

  • comissão de envio (custo administrativo pela operação);
  • taxa de câmbio (diferença entre as moedas); pode ser aplicada margem de lucro ou não;
  • IOF, obrigatório no Brasil) de 0,38% para diferente titularidade ou 1,1% para mesma titularidade;
  • custos SWIFT, se feita entre bancos (SWIFT significa Sociedade para Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais, e é um código para fazer transações financeiras entre bancos).

De novo, vale averiguar com a instituição contratada — seja o banco, seja outra especializada — quais são os custos incidentes sobre transferências internacionais.

Quanto tempo demora até o dinheiro chegar à conta de destino?

Bancos costumam dar um prazo de até dois dias úteis, mas esse período pode aumentar por diversos fatores. Se o valor transferido for superior a US$ 10 mil, por exemplo, o banco pode solicitar a presença física do transferente para assinar um contrato de transferência, e isso acaba atrasando a operação. Portanto, se tiver urgência, vale procurar empresas especializadas com prazos mais atrativos.

Quais são as opções de instituições para fazer transferências internacionais?

Bancos (Santander, Banco do Brasil, Itaú, Citibank, Bradesco, Caixa) ou casas especializadas, que costumam trabalhar também com outros serviços, como cartões pré-pagos internacionais e compra e venda de moedas estrangeiras.

Quais são as regras para transferência internacional?

Transferências internacionais geralmente requerem os seguintes dados:

  • nome completo do beneficiário (isto é, quem vai receber o dinheiro transferido);
  • nome do banco do beneficiário;
  • número da conta;
  • código SWIFT (se for feita por banco);
  • motivo da transferência.

É seguro enviar dinheiro para o exterior?

Sim. Instituições financeiras consolidadas, como os bancos, contam com sistemas de segurança de alto nível para proteger esses tipos de transações. Vale o mesmo para casas de câmbio especializadas. As remessas são criptografadas, o que garante que cheguem em segurança à conta de destino, sem interferências de invasores.

Existe vantagem de fazer a transferência internacional com especialistas no assunto?

A principal delas é a redução nos custos da operação, já que casas especializadas costumam cobrar margens de lucro mais baixas ou, até, nem cobrá-las em cima da taxa de câmbio, fixando apenas um custo administrativo para a realização da operação. Além disso, os prazos podem ser mais rápidos, a depender da empresa contratada.

Seja qual for o tipo de operação, como pagamento de cursos, congressos e encomendas, transferências de patrimônio ou importação e exportação, você pode contar com serviços especializados em remessas internacionais. Além disso, pode adiantar pagamentos da sua próxima viagem internacional, reduzindo os custos pós-viagem e embarcando ainda mais tranquilo.

Quer ficar por dentro de todos os assuntos financeiros para planejar sua viagem internacional? Assine a nossa newsletter e receba conteúdo gratuito no seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário