Foto de imóvel no exterior. Foto de imóvel no exterior.

Como comprar imóvel no exterior? Saiba aqui como investir!

4 minutos para ler

Planejar uma viagem, fazer um curso ou aplicar seu dinheiro em outro país demandam um pouco de conhecimento prévio e organização, certo? Quando se trata de comprar imóvel no exterior não é diferente. Esse tipo de investimento beneficia tanto quem sonha em morar fora quanto quem pretende gerar retorno financeiro com a aquisição.

O mercado de imóveis internacional atrai brasileiros por vários motivos. Os principais são a estabilidade da economia nos países procurados e a valorização de moedas estrangeiras frente ao real. A renda com aluguéis, por exemplo, pode ser mais vantajosa. Seja qual for sua intenção, confira abaixo nossas dicas para comprar seu imóvel no exterior. Boa leitura!

Qual a documentação necessária?

Recomendamos que você tenha um passaporte válido e esteja com os vistos de entrada ou permanência (caso deseje morar no país) em dia. Podemos dizer que essa é a “documentação básica”, pois as exigências de cada lugar podem variar conforme a legislação. Elencamos três principais destinos para você conhecer os detalhes.

Estados Unidos

  • Passaporte válido e visto para entrar no país;
  • comprovantes de renda e de residência;
  • caso opte por financiamento (possível, mas mais caro para quem é estrangeiro) devem ser apresentadas cartas de descrição e projeção da sua receita (feitas por uma empresa de contabilidade), de relacionamento com o banco brasileiro (escrita pelo banco) e histórico de crédito positivo (por exemplo, se você fez uma compra grande e quitou tudo em dia);
  • não é necessário cidadania americana (green card).

França

  • Passaporte válido;
  • caso opte pelo financiamento, histórico de crédito, comprovantes de renda, cartas de relacionamento com bancos brasileiros;
  • não é necessário visto para entrada no país para estadias de até 3 meses; no entanto, caso você pretenda morar no imóvel, precisa solicitar uma estadia de longa duração;
  • não é necessária a cidadania francesa.

Uruguai

  • RG válido e legível (não pode ter mais de 10 anos);
  • toda transação deve ser feita por advogados; portanto, você terá que contratar esse serviço;
  • comprovantes de renda;
  • não é necessário cidadania uruguaia.

Quais são as obrigações tributárias para realizar a compra?

Confira abaixo algumas das taxas que incidem sobre a compra de imóvel no exterior.

IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras varia conforme o tipo de transação. Caso você faça uma transferência bancária, a taxa é de 0,38% sobre o valor.

Tarifas bancárias

Os bancos podem cobrar uma taxa administrativa para a realização do serviço. Vale avaliar a possibilidade de contratar uma empresa especializada em transações internacionais, nas quais as tarifas costumam ser fixas ou mais baratas.

Alíquotas referentes a cada país

As taxas pagas pelos proprietários de imóveis devem ser avaliadas em cada caso. Nos Estados Unidos, por exemplo, o Property Tax é como o nosso IPTU e gira em torno de 1,6% do valor do imóvel. No Uruguai, a alíquota fica entre 2% e 3%.

O que levar em conta ao comprar imóvel no exterior?

Antes de definir seu imóvel, tenha em mente as suas necessidades e objetivos com essa aquisição.

Localização do imóvel

Pesquise bem a vizinhança, considere pontos comerciais, escolas próximas, trânsito e barulho. Assim, você poderá também ter uma ideia da valorização do imóvel ao longo do tempo.

Necessidades do comprador ou moradores

Caso o motivo da sua compra seja morar no exterior, é interessante avaliar suas necessidades de moradia: seu imóvel precisa ser perto do trabalho? Você precisa de silêncio para estudar? Pretende levar consigo seu bichinho de estimação? Pense nisso antes de acertar a compra.

Retorno financeiro

Avalie se o preço pago pelo imóvel vale o retorno financeiro que você almeja, especialmente se a sua intenção de compra for apenas para investimento a longo prazo. Essa verificação também pode ser feita por empresas especializadas em taxas de câmbio.

Aliás, uma dica interessante para quem vai comprar imóvel no exterior é buscar uma assessoria especializada. Durante o processo de aquisição, podem surgir dúvidas quanto à burocracia do país, declaração de bens e demais etapas que devem ser seguidas para garantir a segurança financeira de todos os envolvidos.

Você já pensou em usar seu dinheiro no exterior? Assine nossa newsletter para saber mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário